domingo, 30 de maio de 2010

terça-feira, 25 de maio de 2010

Passou =D

Tempo... Coisa mais relativa é o tempo.
VIVA A INTENSIDADE!!!!



"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis."  (Fernando Pessoa)





Keep Walking...

domingo, 23 de maio de 2010

Viva!

Já perdoei erros quase imperdoáveis,
tentei substituir pessoas insubstituíveis
e esquecer pessoas inesquecíveis. 

Já fiz coisas por impulso,
já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar, mas também decepcionei alguém. 

Já abracei pra proteger,
já dei risada quando não podia,
fiz amigos eternos,
amei e fui amado,
mas também já fui rejeitado,
fui amado e não amei. 

Já gritei e pulei de tanta felicidade,
já vivi de amor e fiz juras eternas,
"quebrei a cara muitas vezes"! 

Já chorei ouvindo música e vendo fotos,
já liguei só para escutar uma voz,
me apaixonei por um sorriso,
já pensei que fosse morrer de tanta saudade
e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo). 

Mas vivi, e ainda vivo!
Não passo pela vida…
E você também não deveria passar! 

Viva!
Bom mesmo é ir à luta com determinação,
abraçar a vida com paixão,
perder com classe
e vencer com ousadia,
porque o mundo pertence a quem se atreve
e a vida é "muito" pra ser insignificante.

Chales Chaplin 
Agora que passou a parte mais difícil. Agora que já me rendi e não vou mais apagar nada (por medo de nunca mais conseguir lembrar). Só agora é que consegui ver o quanto todo esse ano de 2010 foi horrível pra mim. Quase metade de um ano totalmente jogado fora. Não teve nada para salvar. Nada que eu queira lembrar. E só fui perceber isso agora, apagando meus scraps...
Que engraçado isso...o Orkut, um mero site de relacionamentos..Tão insignificante...Tão importante... Tempos modernos...
Ah se eu pudesse recomeçar esse ano...ah se eu pudesse...

...

Ai...Como é triste deletar certas lembranças da nossa vida...
Por todos os últimos acontecimentos, resolvi deletar todos os meus scraps do orkut...Só não imaginei que seria tão difícil e que antes da metade eu já teria perdido a coragem...
Amizades que se desfizeram, paixões que se foram, pessoas que mudaram...
Porque você tinha que mudar assim?
Era tão bom antigamente...Era tão bom a um ano atras, quando tudo começou...O que aconteceu?
Se eu pudesse voltar no tempo...Se tivesse alguma coisa que eu pudesse fazer diferente...
Mas não...O tempo não volta...As coisas não mudam...Você não vai voltar...
Só mais uma...sempre...





...


Mas se lembre que "Se você quiser alguém pra ser só seu é só não esquecer que eu estarei aqui" (Renato Russo)



quinta-feira, 20 de maio de 2010

Aprendi com os filmes

Alguns momentos terminam antes mesmo de começar e ainda assim podem deixar marcas que durarão eternamente. Mas se isso acontecer e essas marcas causarem dor, o melhor que temos a fazer é tirar 5 minutos para mergulhar na tristeza profunda.
 Aproveite. Desfrute. Descarte.
Talvez a unica coisa impossível de descartar, pelo menos para mim, pelo menos agora, é a tristeza que causa o fato de ser sempre aquela pessoa impossível de esquecer, mas difícil de lembrar...


segunda-feira, 17 de maio de 2010

Gorda = Fato




Ok...ok...Agora eles conseguiram me deixar complexada!!!
Depois da minha ortopedista e meu fisioterapeuta falarem que preciso emagrecer, eu já me convenci: Não ACHO que estou gorda, eu ESTOU gordaaa!!! (FATO)
Tive que fazer uma visitinha a esses médicos porque estou sentindo umas dores nas costas (velhice)...Eis que chego na clínica hoje pra fazer minha primeira sessão de fisio, e já levo uma bronca!
O Dr. Paulo me deu um artigo para ler que falava dos motivos que leva a dores na coluna:
1. tensão
2. má postura
3. falta de exercícios físicos
4. obesidade
Dai ele me pergunta: desses quatro, em quantos você acha que se encaixa?
Eu: em três... talvez quatro, mas não diria que sou obesa.. shausha
Ele: realmente você não é obesa, mas tem um sobrepeso, que já ajuda a causar dores...

Ou seja!!!! Me chamou de GORDAAAAAAAAA!!!
Estou chocada!
                                                                                 
Também agora eles vão ver só!                                                     
Vou ficar magéeeeerrimaaaa!!!
Quero ver falar que estou "com sobrepeso".. Rummmm

Mas será muuuuuitoooo difícil, pq eu AMO meu estilo Garfield de ser....=/
Eitaaaa...porque a gente num pode comer batata frita e continuar magro????
PORQUEEEEEE????
OH MUNDOO CRUEL!!!

S/2



"Os dias vão


E é só saudade de você no coração
O telefone que não sai da minha mão
Eu conto as horas pra você voltar pra mim
Vou te amar
Não importa o quanto eu tenha que esperar
Deixei a porta aberta para você entrar de novo aqui
No meu coração"

(Os dias vão - Maria Cecília e Rodolfo)

Justificativas

Gente, desculpa estar afastada esses dias do Blog, mas estou com muita coisa pra fazer, muita coisa pra pensar e minha vida está um caos...
Tem seminários, projeto, provas e ainda tenho que tentar arrumar minha vida pessoal. Mas que infernoooo!!!
Mas em breve estarei de volta. =)
Beijinhos
Dai

domingo, 9 de maio de 2010

Dia das Mães

Hoje é dia das mães e passei longe da minha =( Ela foi viajar, volta amanhã, mas já faz falta...
De toda forma, não poderia deixar de homenageá-la nesse dia..Não apenas ela, mas em especial ela ^^
Fico com medo de escrever qualquer coisa aqui para tentar explicar o que minha mãe significa pra mim, porque mesmo que eu gaste todas as palavras de carinho de conheço, sinto que ainda assim não seria o suficiente.
Deixarei, portanto, a homenagem por conta de Carlos Drummond de Andrade; A mim restará apenas a tarefa de demonstrar diariamente para a minha mãe o quanto a amo.



PARA SEMPRE

Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.

Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.




Pensamentos Soltos



Não pense que ficarei feliz por lembrar de mim as 3 horas da manhã de sábado. Não pense que me conquistará por  me mandar uma mensagem dizendo que quer me ver, se nem ao menos diz como foi bom ter passado aqueles 5 minutos ao telefone jogando conversa fora ou como ficou pensando em mim depois daquela quinta-feira juntos. Não sou descartável e muito menos estou a sua disposição para quando bem quiser. Não quero um passatempo, quero um romance. Ou aceita assim ou não quero mais. Paramos por aqui.

Apesar de.



"[...] uma das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para a frente. Foi o apesar de que me deu uma angústia que insatisfeita foi a criadora de minha própria vida. Foi apesar de que parei na rua e fiquei olhando para você enquanto você esperava um táxi. E desde logo desejando você, esse teu corpo que nem sequer é bonito, mas é o corpo que eu quero. Mas quero inteiro, com a alma também. Por isso, não faz mal que você não venha, espararei quanto tempo for preciso[...]" Clarice Lispector.

sábado, 8 de maio de 2010

Top Diva!

Ain....Eu ainda não disse aqui, mas adorooooo a Beyonce! *__*
Confesso que não sou uma daquelas fã que sabem todas as letras, tem todos os cds, sabem a vida inteira dela...enfim..coisas de fã...hsuahsuas Alias...aproveito para dizer que não sou fã de nenhum famoso, não a esse ponto pelo menos...rsrs
Enfim...o que eu queria compartilhar é o novo clip dela! *__*
É simplesmente perfeitoooo!!
Ain...o clima pin-up, a música, a letra, tudoooooooo
É muito a minha cara =x
rsrsrs
Queria ter estilo pra ser uma pin-up! acho muitooo legal! =D

Bom...eu não sei como compartilhar vídeo por aqui, então vou colocar o link, caso alguém queira assistir e a letra você pode conferir aqui mesmo ;)






Now, now, now, honey
You better sit down and look around
Cause you must've bumped yo' head
And I love you enough to talk some sense back into you, baby
I'd hate to see you come home, me the kids
And the dog is gone
Check my credentials...
I give you everything you want everything you need
Even your friends say I'm a good woman
All I need to know is why?

Why don't you love me?
Tell me baby
Why don't you love me?
when I make me so damn easy to love
Why don't you need me?
Tell me baby
Why don't you need me?
when I make me so damn easy to need

I got beauty, I got class
I got style, and I got it
And you don't even care to care
I even got money in my bank account
Don't have to ask no one to help me out
You don't even notice that

Why don't you love me?
Tell me baby
Why don't you love me?
when I make me so damn easy to love
Why don't you need me?
Tell me baby
Why don't you need me?
when I make me so damn easy to need

I got booty, I got heart
Hit my head in your books, I'm shopper
But you don't care to know I'm smart
I got moves in your bedroom
He'd be happy with the nice plans I do
But you don't seem to be in tuned

Why don't you love me?
Tell me baby
Why don't you love me?
when I make me so damn easy to love
Why don't you need me?
Tell me baby
Why don't you need me?
when I make me so damn easy to need

There's nothing not to love about me
No, no, there's nothing not to love about me
I'm so lovely
There's nothing not to need about me
No, no, there's nothing not to need about me
Maybe you're just not the one
Or maybe you're just playing...

DUMB!

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Plagiando

Minha amiga Camis postou hoje um trecho do livro Divã de Martha Medeiros que resume simplesmente tudo em que eu estava pensando agora a pouco no caminho da faculdade para casa...
Camis, permita-me te plagiar...rsrs

O DIVÃ

"Sempre desprezei as coisas mornas, as coisas que não provocam ódio nem paixão, as coisas definidas como mais ou menos, um filme mais ou menos, um livro mais ou menos. 
Tudo perda de tempo. 
Viver tem que ser perturbador, é preciso que nossos anjos e demônios sejam despertados, e com eles sua raiva, seu orgulho, seu asco, sua adoração ou seu desprezo. 
O que não faz você mover um músculo, o que não faz você estremecer, suar, desatinar, não merece fazer parte da sua biografia."

(trecho de O Divã)

Martha Medeiros

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Humor inteligente

(clique na imagem para aumentar)

Veja mais em: http://www.umsabadoqualquer.com/ =)

Uma visita ao Mundo Real



Como Biotecnologa, eu não poderia deixar de citar o último grande desastre que aconteceu do Estados Unidos. 
No dia 20 de abril ocorreu no Golfo do México a explosão e o posterior afundamento da plataforma de petróleo Deepwater Horizon operada pela British Petroleum (BP), passando a derramar diariamente no mar cerca de 800 mil litros de petróleo, segundo estimativas oficiais.
No dia 30 de abril já tinhamos a notícia de que a mancha (que já tinha o tamanha da Jamaica!) havia atingido a costa americana chegando aos estados da Louisiana e Mississipi; e colocando também a Florida em estado de emergência.
Hoje a Guarda Costeira dos EUA declarou que um dos três vazamentos, o menor, foi selado, o que não diminuiu o fluxo do vazamento, mas facilitará o trabalho da BP que pretende cobrir a principal abertura com uma enorme estrutura de aço de 98 toneladas e posteriormente bombear o petróleo para um navio; O que seria a melhor solução imediata, porém, não existe certeza sobre sua eficiência, uma vez que não há precedentes na história.
Os danos à natureza e as comunidades vizinhas ao desastre são imensos. Esse pode ser considerado o maior desastre ambiental ocorrido nos EUA e a previsão para a contenção do óleo é ainda de 90 dias.
Fico muito triste quando vejo esse tipo de notícia... A natureza pagando pelo erro humano. Então me pergunto: Até quando o Planeta vai aguentar?
Talvez fosse melhor para a Terra que acontecesse um novo Dilúvio. Ou será que a natureza já não está providenciando, só que de uma maneira um tanto quanto mais enfurecida?
Você pode discordar, mas para mim só há uma solução para a sobrevivência desse pequeno globo e ela inclui escolher entre a humanidade ou o Planeta. 

Saiba mais em:

Hoje eu acordei feliz!

Concordo plenamente com Drummond quando ele diz que "ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade".






É assim que estou hoje... Feliz sem motivo! 
Então alguém pode pensar: mas como pode! Até ontem ela estava se lamentando! Pois é.... eu sou assim. Inconstante.  Acho que é por isso que sobrevivo...  Ai de mim se vivesse na constância dos meus pensamentos...
Ai...como é bom! Dá vontade de ir lá fora e apreciar a lua sem pensar em mais nada... Falar com os amigos, fazer planos... Fechar os olhos e sonhar!  =D
Amo essa sensação! Seu eu soubesse qual é o truque para acordar assim, eu o faria sempre!
Se bem que no fundo, no fundo, nós sabemos...O grande segredo é conseguir enxergar a beleza que há na luz do sol refletindo colorida na parede do quarto ao passar pelo mensageiro dos ventos. Sentir a felicidade daquele cachorrinho que se delicia ao se esfregar na grama. Apreciar os perfumes, os sabores... Hummm...aquele cheirinho de café sendo preparado...
Também é Drummond que diz  que "Há duas épocas na vida, infância e velhice, em que a felicidade está numa caixa de bombons". É verdade e é triste...Deveríamos saber viver a felicidade de comer um chocolate a qualquer época da vida.

"Ser feliz não significa que tudo está perfeito. Significa que você decidiu olhar através das imperfeições" (desconhecido)

Beijos pra todos que sabem o que é sentir a felicidade de estar feliz unica e exclusivamente por assim estar. =)




terça-feira, 4 de maio de 2010

Antes de Dormir

Antes de me aconchegar nos braços de Morfeu, gostaria de compartilhar alguns pensamentos soltos. Aqueles pensamentos que ficam rodeando nossa mente até que o sono nos tome por completo.

"O amor é o sentimento dos seres imperfeitos, posto que a função do amor é levar o ser humano à perfeição. Como são sábios aqueles que se entregam às loucuras do amor!" (Joshua Cooke)

"Definitivo, como tudo o que é simples. 
Nossa dor não advém das coisas vividas, 
mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram."  (Carlos Drummond de Andrade)

 "Tão bom morrer de amor e continuar vivendo." (Mário Quintana) 

Beijos e boa noite àqueles que, como eu, passam horas a inventar teorias mirabolantes para ainda acreditar no amor.

Tenho sono

O SONO



O sono que desce sobre mim, 
O sono mental que desce fisicamente sobre mim, 
O sono universal que desce individualmente sobre mim — 
Esse sono 
Parecerá aos outros o sono de dormir, 
O sono da vontade de dormir, 
O sono de ser sono. 
Mas é mais, mais de dentro, mais de cima: 
É o sono da soma de todas as desilusões, 
É o sono da síntese de todas as desesperanças, 
É o sono de haver mundo comigo lá dentro 
Sem que eu houvesse contribuído em nada para isso. 

O sono que desce sobre mim 
É contudo como todos os sonos. 
O cansaço tem ao menos brandura, 
O abatimento tem ao menos sossego, 
A rendição é ao menos o fim do esforço, 
O fim é ao menos o já não haver que esperar. 

Há um som de abrir uma janela, 
Viro indiferente a cabeça para a esquerda 
Por sobre o ombro que a sente, 
Olho pela janela entreaberta: 
A rapariga do segundo andar de defronte 
Debruça-se com os olhos azuis à procura de alguém. 
De quem?, 
Pergunta a minha indiferença. 
E tudo isso é sono. 

Álvaro de Campos

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Recreio

Ain...esse Blog está muito sério...Não estou gostando. Vamos descontrair um pouco =)


Quem dera as criancinhas de hoje ainda fossem inocentes assim...


Esclarecimentos

Em primeiro lugar, queria pedir desculpas a você, possível leitor desse Blog.
Depois que escrevo, eu releio, claro, para ver se consegui dizer o que queria. Eis que descubro que não tenho sucesso nisso. 
Em geral, tenho tantos pensamentos em minha mente e todos ao mesmo tempo que não consigo os organizar de forma lógica e clara para compartilhar com você. Sinto muito por isso.
Tentarei melhorar. Tentarei ser mais clara e objetiva. Peço apenas um pouco de compreensão e paciência. Uma hora eu consigo. Pelo menos dessa vez, acho que consegui...rs
Beijos a todos e obrigada àqueles que gastam um pouquinho de seu tempo lendo minhas bobeiras.

Inquietação

Estou triste. Só não sei de devo ficar triste com os outros ou comigo mesma. 
Essa sensação de vazio não  me deixa, aliás, ela só aumenta. E eu não consigo entender...Não consigo ME entender.
Estou triste por amizades perdidas sem um motivo real (ou pelo menos um que eu entenda). Estou triste por ser tão indiferente, tão insignificante para pessoas que tem um espaço especial na minha vida (meu maior motivo de tristeza ultimamente). 
Sinto que está na hora de rever meus conceitos.
Comecei esse blog com um texto sobre a faxina da alma. A limpeza que temos que fazer dentro de nós mesmos. Mas poxa! Eu não esperava que seria tão difícil!
Como todo bom egoísta, transfiro a culpa de me sentir assim, de mim para os outros. Se cada um conseguisse ao menos admitir suas fraquezas, enxergar seus defeitos, acredito que passaríamos a ser ao menos mais compreensivos com os erros alheios. 
Só para não fugir à regra, rs, deixo um texto de Álvaro de Campos, perfeito se você estiver disposto refletir um pouco.


POEMA EM LINHA RETA



Nunca conheci quem tivesse levado porrada. 
Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo. 

E eu, tantas vezes reles, tantas vezes porco, tantas vezes vil, 
Eu tantas vezes irrespondivelmente parasita, 
Indesculpavelmente sujo. 
Eu, que tantas vezes não tenho tido paciência para tomar banho, 
Eu, que tantas vezes tenho sido ridículo, absurdo, 
Que tenho enrolado os pés publicamente nos tapetes das etiquetas, 
Que tenho sido grotesco, mesquinho, submisso e arrogante, 
Que tenho sofrido enxovalhos e calado, 
Que quando não tenho calado, tenho sido mais ridículo ainda; 
Eu, que tenho sido cômico às criadas de hotel, 
Eu, que tenho sentido o piscar de olhos dos moços de fretes, 
Eu, que tenho feito vergonhas financeiras, pedido emprestado sem pagar, 
Eu, que, quando a hora do soco surgiu, me tenho agachado 
Para fora da possibilidade do soco; 
Eu, que tenho sofrido a angústia das pequenas coisas ridículas, 
Eu verifico que não tenho par nisto tudo neste mundo. 

Toda a gente que eu conheço e que fala comigo 
Nunca teve um ato ridículo, nunca sofreu enxovalho, 
Nunca foi senão príncipe - todos eles príncipes - na vida...

Quem me dera ouvir de alguém a voz humana 
Que confessasse não um pecado, mas uma infâmia; 
Que contasse, não uma violência, mas uma cobardia! 
Não, são todos o Ideal, se os oiço e me falam. 
Quem há neste largo mundo que me confesse que uma vez foi vil? 
Ó principes, meus irmãos, 

Arre, estou farto de semideuses! 
Onde é que há gente no mundo? 

Então sou só eu que é vil e errôneo nesta terra? 

Poderão as mulheres não os terem amado, 
Podem ter sido traídos - mas ridículos nunca! 
E eu, que tenho sido ridículo sem ter sido traído, 
Como posso eu falar com os meus superiores sem titubear? 
Eu, que venho sido vil, literalmente vil, 
Vil no sentido mesquinho e infame da vileza.

domingo, 2 de maio de 2010

Domingo

Vazio...É isso que estou sentindo. Um enorme vazio. Não sei...talvez seja resultado do fim de domingo...Porque não sei quanto a vocês, mas domingos para mim são muito tristes, principalmente no fim da tarde ou a noite...E não é porque depois vem a segunda-feira e a rotina recomeça. Não sei explicar...Talvez seja porque é o final de mais uma semana vazia, sozinha... (Eu sei..tecnicamente domingo é o início de uma nova semana, mas vocês me entenderam né? rs)
Essa sensação me perseguiu por boa parte dessa semana, o que me fez refletir sobre minha vida. Principalmente o amor, é claro...Uma vez que a minha existência gira em torno desse sentimento ingrato.
Não, não! Está tudo errado...Pára tudo!
Está tudo errado primeiro porque eu não consegui chegar a nenhuma conclusão, portanto, eu não refleti sobre nada, apenas gastei tempo pensando...E está errado porque o amor não é ingrato. O amor é o sentimento mais bonito de todos. Ingrato é descobrir que poucos são os que lhe dão o devido valor.
Desculpem-me a bagunça, é porque eu estou confusa..Nem mesmo sei se estou sendo clara, aliás, tenho certeza que não. Ser objetiva não é o meu forte quando estou tentando descobrir o que sinto. Fato é que eu queria escrever tanta coisa, mas então me lembro que qualquer pessoa pode ler o que está aqui (tudo bem que não acredito que sejam muitas pessoas, mas nunca se sabe quem poderia dar uma bisbilhotada...rs...por curiosidade talvez) e sendo assim, não posso ir dizendo tudo que quero...Aaaaah!!! Eu vou explodir! Porque não consigo me expressar!
Eu desisto! Definitivamente hoje estou tão confusa que não consigo sequer organizar meus pensamentos. Deixo então um poema que encontrei. O autor (que desconheço) teve infinitamente mais sucesso que eu em expressar o que sentia e que coincidência ou não, é o mesmo que estou sentindo hoje, domingo, dia 2 de maio (nome do poema).

2 DE MAIO

Estamos to
dos presos
No vazio da solidão dos domingos.
Neste tempo de incertezas
Dias são iguais,
Iguais ao que nunca aconteceu.
À noite seremos todos pagãos,
Vamos esquecer das coisas tristes
Da nossa existência. 

Tudo que quero agora
É lhe encontrar
Mas você foi embora
E eu não sei se vai voltar.
O ar incandescente
Vem me sufocando.
A solidão indecentemente
Me apunhalando.
Agora só há o horizonte
Para escutar o meu grito.
Agora o olhar infinito
À procura de um novo horizonte. 

Inicia-se mais uma madrugada.
A lua Ilumina meus passos na escada.
Me encontro na rua , na escada e na ponte.
Encontro Órion surgindo no horizonte,
Imponente qual um gigante.
O beijo frio da madrugada,
Infindável noite de angustiante apreeensão.
Penso nos seus cabelos, seus olhos distantes
E na garganta uma pergunta engasgada.
Um sentimento de contemplação, quase paixão.
Há algo que nos mantém juntos
Com destinos diferentes.
E há algo que nos mantém distantes
Daqueles que tem destinos comuns.

sábado, 1 de maio de 2010

Primeiro Ato


Nossa, passei muito tempo pensando em uma boa forma que começar esse Blog, de apresentar a vocês o meu mundo. Já que não sou muito boa com as palavras, resolvi que vou iniciar com um texto de Carlos Drummond de Andrade  que uma amiga muito querida me enviou essa semana e que representa muito o momento em que estou (já encontrei referências dizendo que o texto pertence a outros autores, se alguém souber me dizer com certeza, agradeceria a informação).
Já antecipo à vocês que por muitas vezes encontrarão por aqui citações de Carlos Drummond de Andrade e de Fernando Pessoa, entre muitos outros, mas principalmente esses dois, pois me identifico muito.
Feitas as devidas considerações, dou início a esse primeiro ato. Sintam-se à vontade! ^^

FAXINA DA ALMA/ RECOMEÇAR




Não importa onde você parou, em que momento da vida você cansou. Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo, é renovar as esperanças na vida e, o mais importante, acreditar em você de novo. 

Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado. Chorou muito? Foi limpeza da alma. Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia. Sentiu-se só por diversas vezes? É porque fechaste a porta até para os anjos. Acreditou que tudo estava perdido? Era o início da tua melhora.

Pois é... Agora é hora de reiniciar, de pensar na luz, de encontrar prazer nas coisas simples de novo. 

Um corte de cabelo arrojado diferente, um novo curso, ou aquele velho desejo de aprender a pintar, desenhar, dominar o computador, ou qualquer outra coisa. Olha quanto desafio, quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus te esperando... Ta se sentindo sozinho? Besteira, tem tanta gente que você afastou com o seu "período de isolamento".
Tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu para "chegar" perto de você. Quando nos trancamos na tristeza, nem nós mesmos nos suportamos, ficamos horríveis. O mau humor vai comendo nosso fígado, até a boca fica amarga. Recomeçar... 

Hoje é um bom dia para começar novos desafios. 

Aonde você quer chegar? Alto? Sonhe alto! Queira o melhor do melhor. Queira coisas boas para a vida. Pensando assim, trazemos prá nós aquilo que desejamos.
Se pensamos pequeno, coisas pequenas teremos. Já se desejarmos fortemente o melhor e, principalmente lutarmos pelo melhor, o melhor vai se instalar na nossa vida. E é hoje o dia da faxina mental. 

Jogue fora tudo que te prende ao passado, ao mundinho de coisas tristes. Fotos, peças de roupa, papel de bala, ingressos de cinema, bilhetes de viagens e toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados. 

Jogue tudo fora, mas principalmente esvazie seu coração. Fique pronto para a vida, para um novo amor. 

Lembre-se, somos apaixonáveis, somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes, afinal de contas, nós somos o "Amor". 

Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura.