sábado, 20 de novembro de 2010

Recomendo

Sábado e todos os meus amigos estão se divertindo no Ribeirão Folia.
Eu? Eu estou em casa, morgando... ¬¬
Que me resta fazer? Ler poemas...
Pois bem, segue aqui um com o qual muito me identifiquei...

"Nunca fui como todos
Nunca tive muitos amigos
Nunca fui favorita
Nunca fui o que meus pais queriam
Nunca tive alguém que amasse
Mas tive somente a mim
A minha absoluta verdade
Meu verdadeiro pensamento
O meu conforto nas horas de sofrimento
não vivo sozinha porque gosto
e sim porque aprendi a ser só..."
                                          Florbela Espanca 

Nenhum comentário:

Postar um comentário