sábado, 20 de novembro de 2010

A vontade que tenho é de publicar cada um dos poemas, das frases e afins que estou lendo, mas como ficaria muita coisa, vou postar apenas aquilo que mais for parecido comigo, e essa frase de Fernando Pessoa é uma das mais perfeitas que li até agora...

"E eu gosto tanto dela que não sei como a desejar.

Se a não vejo, imagino-a e sou forte como as árvores altas.
Mas se a vejo tremo, não sei o que é feito do que sinto na ausência dela."

Nenhum comentário:

Postar um comentário